Cientista vê desestabilização e agressão dos EUA à soberania e pede ação dos militares

O professor e cientista político, Luiz Viana Moniz Bandeira, destacado historiador que tem destacado o poderio norte-americano e a capacidade do Departamento de Estados dos EUA em desestabilizar países em e-mail encaminhado ao jornalista Paulo Henrique Amorim, do blog Conversa Afiada, fez esta semana pertinente alerta aos brasileiros nacionalistas, notadamente nas Forças Armadas:

- Meu caro Paulo Henrique, jornalista que tanto aprecio e respeito. A situação do Brasil me entristece. Os gringos estão conseguindo destruí-lo através da quinta-coluna que promove uma guerra jurídica, a transplantarem as leis dos Estados Unidos para o Brasil, caso típico do geodireito, o qual foi estudado em magnífica tese de um professor amigo meu. Só vejo uma saída para a crise política no Brasil: a intervenção militar”, diz o historiador, para acrescentar:

- É legal, quando o governo sai dos quadros constitucionais vigentes. Temer foi eleito vice-presidente na chapa de Dilma Rousseff, cujo programa não era esse de reformas. E o Congresso não foi eleito com poderes constituintes para fazer congelamento de despesas por 20 anos, reforma política, trabalhista etc.. Agora só os canhões podem fazer reformas para evitar a venda do país a preço de liquidação. Energia é poder. E entregar o pré-sal, a Petrobrás, a Eletrobrás aos gringos é entregar a soberania nacional, a "muralha da pátria", como disse Ruy Barbosa na Conferência de Haya, em 1907.

Com um forte abraço do seu admirador, Luiz Alberto de Vianna Moniz Bandeira

O alerta do cientista e historiador ocorre dois meses antes dos exercícios militares que vão ocorrer em novembro no coração da Amazônia, precisamente em Tabatinga, tríplice fronteira entre Brasil, Peru e Colômbia. O exército norte-americano, convidado pelo Brasil, participará das operações com 800 militares como observadores, segundo fontes oficiais.

A tríplice fronteira fica próxima a Venezuela, país em crise de desestabilização e já ameaçado de intervenção preso presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Fonte: blog Conversa Afiada

Sputnik

Por Trás do Blog
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black