Pelo Twitter, Paulo Coelho pede a senador Cristovam Buarque para parar de incomodar

A rejeição ao professor Cristovam Buarque e ex-reitor de uma das universidades mais prestigiadas do Brasil, a de Brasília, segue em alta. Ele, que já foi ministro da Educação no governo Luiz Inácio Lula da Silva, e demitido por telefone, se notabilizou por votar favorável ao impeachment da presidenta Dilma Roussef. Esta semana foi simplesmente descartado pelo escritor Paulo Coelho, que fez um pedido público ao ex-reitor.

No Twitter, Paulo Coelho pediu que o político parasse de enviar e-mail automático com informações sobre sua atuação parlamentar e planos para o governo do Distrito Federal.

“Senador Cristovam Buarque, favor remover meu endereço de e-mail da sua lista de spam, tentei várias vezes e não funciona. Não me interessa o que pensa”, escreveu Paulo Coelho, autor de best-seller O Alquimista, que apenas nos Estados Unidos, durante sete anos, esteve no topo dos livros mais vendidos. Livro traduzido para 65 línguas. Paulo Coelho é Membro da Academia Brasileira de Letras.

.@Sen_Cristovam favor remover meu endereço de email da sua lista de spam, tentei várias vezes e ñ funciona. Não me interessa o que pensa

— Paulo Coelho (@paulocoelho) 12 de setembro de 2017

Fonte

De outros sites

Por Trás do Blog
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black