Sucessão lisérgica: diante de sua cria, Globo reconhece apoio a ditadura e caudilhismo de Lula confu

Se telegrafistas ainda atuassem na base do Código Morse, certamente estariam passando telegramas mais ou menos assim para o eleitor brasileiro, prestes a votar numa eleição de cartas marcadas e que talvez nem se realizem:

Genuflexa diante da sua cria, Globo reconhece crimes contra democracia; âncora encarna espírito de R. Marinho ao soletrar editorial no prompter – néscios acreditam!

Miriam Leitão paga mico histórico ao vivo ao confirmar que Roberto Marinho e seu jornal O Globo apoiaram a ditadura; William Waak fica solidário.

Ilustração retirada da Internet sobre mundo psicodélico dos anos sessenta

Sabatinado por jornalistas amigos, Bolsonaro escolhe dois entre entrevistadores da GloboNews para seu ministério; seguidores de Joseph Goebbels sentiram-se reconhecidos.

Sucessão lisérgica: diante de sua cria, Globo reconhece apoio a ditadura e caudilhismo de Lula entregará poder a direita.

Lula transforma cárcere em trincheira e Supremo Tribunal Federal espera por tuitada do ministro do Exército para, supremamente, decidir!

Lula será barrado na lei da Ficha Limpa, e disso até o mundo mineral sabe. Messiânico no seu caudilhismo, prepara o Plano B na esperança de eleger o “segundo poste presidente”.

Enquanto isso, PT lança candidatura impossível de Lula em “viagem lisérgica”, (C16H16N2O2),segundo Ciro Gomes.

Charge retirada de sites da internet

Do túmulo, Jimi Hendrix, diz que parou com o ácido há muito tempo; Gil, Caetano e Chico mandam avisar que o negócio deles é música e poesia. Aos setenta, a lucidez é como escuridão ao meio-dia.

Acreditando na volta de Hitler reencarnado, professor seguidor de candidato de extrema direita é acusado de matar esposa e jogá-la do trigésimo andar.

Ele acha que deu a senha para início do pogrom contra esquerdistas e democratas, começando dentro de casa – as mulheres primeiro!

Para não violar direitos humanos, Interpol suspende caçada ao advogado Tacla Duran, denunciado na Operação Lava Jato, ao desconfiar ter entrado numa fria internacional. Deixou transparecer que só a polícia brasileira acredita no juiz.

Joseph Goebbels, ministro da propaganda de Hitler. Manipulação da notícia para fazer prosperar a mentira

Psicodélica, Janaína Paschoal desiste de candidatura alegando questões de foro íntimo, diz que prefere ficar na Av. Paulista e que seus familiares avisaram que têm mais o que fazer para não acompanha-la.

Príncipe da Casa de Orleans e Bragança pode ser candidato a vice; ele promete revogar a Lei Áurea e devolver brasileiros negros para mama África e importar austríacos para branquear a classe média.

Contrariada com notícia indesejada; OAB da Paraíba ameaça site que informou expulsão de advogados apontados como corruptos. Uns argumentam que a moralidade é elástica, para entidade que apoiou o golpe.

Convenções partidárias na Paraíba são como o trovão: muito barulho por nada. Ninguém rompeu com ninguém – o que comprova que as alianças não são como a barragem de Camará.

Publicitário paraibano fará a propaganda eleitoral para partido de extrema direita; Estudantes de comunicação esperam por remake de "O Triunfo da Vontade", de Amalie "Leni" Riefenstahl - versão tabajara.

Opinião

Por Trás do Blog
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black