Brasil não está quebrado, ainda. Mas a parvoíce dos que apoiam o regime destroça a Nação

Eleito pelas hordas fascistas com suporte da burguesia financeira do país, aí inclusa as famílias donas de meios de comunicação, além das tais entidades da sociedade civil como OAB e forte lastro do fundamentalismo evangélico e católico, o sujeito agora se se diz incapaz de resolver os problemas do país; nada acontece – e nem vai.


O Brasil ainda não está quebrado, mas vai, porque este é plano daquilo que se pode considerar a “A Arte da Destruição” de uma Nação.


Imagem: jovens comerciárias, em CG, pedem reabertura do comércio durante lockdown, em maio 2019


Após “descanso de Ano Novo” em que nadou em praia do litoral paulista (sua praia para vômitos verbais, na gíria jovem) copiando Benito Mussolini, além de declarar que “o país está quebrado e nada pode fazer”, ele também segue mestre na manipulação da verdade.


Suas falas são em conta-gotas, calculadamente para construir uma narrativa, além de estar se dirigindo aos seus seguidores espalhados em milhares de templos católicos, evangélicos, quartéis e instâncias do Judiciário.


Agora ele culpa o trabalhador brasileiro pelo desemprego avassalador, que resultou do golpe do parlamentar que derrubou a Dilma Roussef, em 2016 e que nos trouxe até este estado da graça do caos. Diz ele:


“Então, é um país difícil trabalhar. Quando fala em desemprego, né, vários motivos. Um é a formação do brasileiro. Uma parte considerável não está preparada para fazer quase nada. Nós importamos muito serviço”.


Sem deixar de lado a máxima. “Ser patrão no Brasil é uma desgraça”. Quantas vezes ouvimos essa cantilena da boca de empresários que, de um lado se apresentam como capitalistas raiz; de outro, engordam nas tetas do estado que eles fingem combater?


O país inteiro “passa pano”, ávido por uma vacina contra Covid-19, que este mesmo governo combate e que certamente boicotará o quanto puder que a cura chegue ao cidadão.


Segue o andor com o legítimo representante de todos os segmentos sociais que ao longo do tempo ganham com o atraso e a ignorância da maioria da população. Segue o enterro de milhares de brasileiros, vítimas da incúria dos estamentos que nos governam e com o consentimento da parvoíce nativa – que é imensa, colossal!


Foto; Brasil de Fato

Por Trás do Blog
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black